No centenário de Odette Eid, Santo Antônio do Pinhal ganha museu a céu aberto

Emoldurada por picos e cachoeiras, a turística cidade de Santo Antônio do Pinhal é o cenário perfeito para abrigar 16 obras da artista que ganha roteiro exclusivo

Nem toda arte precisa de moldura e espaço fechado. Prova disso é o Museu a Céu Aberto Odette Eid, que leva o nome da escultora de fama internacional que colecionou prêmios e exposições ao longo da vida e ao redor do mundo.


Localizado em Santo Antônio do Pinhal, SP, o museu foi idealizado para a comemoração do centenário da artista libanesa, que morreu em 2019, aos 97 anos. Radicada no Brasil, Odette Eid deixa suas esculturas em exposição permanente nas praças, fontes, mirantes, igrejas, estação de trem e outros locais públicos da cidade, que tem como cenário, a típica paisagem da Serra da Mantiqueira.


Compõem o acervo do museu obras doadas à cidade pelos filhos da escultora e que antes estavam instaladas no sítio da família. "Em vida, Odette criou suas obras no Ateliê Amarilis, à avenida de mesmo nome em São Paulo, e no Ateliê Riacho Doce, em seu sítio, as margens do Riacho do Pico Agudo. A doação acontece como tributo a Santo Antônio do Pinhal, sua segunda casa, seu segundo ateliê, e fonte das muitas inspirações ligadas à natureza", disse uma das filhas.


Instaladas na encantadora cidade, as 16 esculturas formam um roteiro cultural que pode ser conhecido a pé. Obras marcantes, feitas em bronze retratam as temáticas preferidas de Odete Eid: o feminino, família, maternidade, dança, anjos, santos, animais entre outros. O acervo terá placas e QR codes que redirecionam a um link com detalhes sobre as obras, o roteiro, a artista e os diversos ateliês da cidade.


Ao som do Jazz

O museu será inaugurado dia 26 de março, às 10h, na Praça do Artesão. O evento de inauguração terá direito a trilha sonora, a cargo de um grupo de jazz.

Também participam do evento restaurantes da cidade: no primeiro fim de semana da abertura do museu, dez estabelecimentos servirão pratos inspirados nas receitas que resgatam a culinária árabe familiar da artista. Os dez primeiros clientes que pedirem um dos pratos-inspiração ganham uma cerâmica da Olaria Paulistana.

De acordo com o Secretário Municipal de Turismo de Santo Antônio do Pinhal, Fábio Santos, a exposição permanente Museu a Céu Aberto Odette Eid ganhará um roteiro exclusivo que será transformado em Mapa Cultural integrando todos os artistas da cidade, famosa por abrigar grandes nomes da arte e do designer internacional. " A nossa ideia sempre foi integrar os artistas locais, e Odette Eid será o ícone para essa integração nesse guia que será distribuído ao público", contou.

Serviço

Inauguração do Museu a Céu Aberto Odette Eid

Dia e horário: 26 de março de 2022, 10h

Local: Praça do Artesão (Av. Min. Nelson Hungria, 170, Santo Antônio do Pinhal - SP, 12450-000, Brasil)

Informações/mídia: https://www.museuodetteeid.com

Sobre a artista:

Odette Eid : a artista que encantou o mundo na maturidade

Odette Eid (1922 – 2019) nasceu em Zahle, Líbano. Veio com a família para o Brasil aos três anos de idade. Sua mãe, uma pintora autodidata especializada em cópias de quadros de grandes mestres da pintura, foi quem despertou nela o amor pela arte desde a infância.

No entanto, ela só começou a atuar profissionalmente na área artística aos 60 anos, depois de casar todos os filhos. Mas seu reconhecimento não demorou a chegar. Ganhou prêmios nacionais e internacionais. Entre outros, o Primeiro Prêmio na I Bienal do Annuario Latino-Americano de Artes Plásticas em Buenos Aires (Argentina) e o primeiro Prêmio na 1ª Bienal Latino-Americana de Arte SP, em São Paulo (SP), ambos em 1987.


Muitas de suas obras estão instaladas em importantes espaços públicos, como as obras Mulher que carrega o mundo e Pássaros imaginários I, II e III, que fazem parte, desde 2013, do acervo do Museu da Escultura ao Ar Livre da Assembleia Legislativa de São Paulo. Também estão ao ar livre, várias outras esculturas em alumínio na Praça da Luz (Bom Retiro) e fazem parte do acervo da Pinacoteca de São Paulo. São elas: Botão de rosa, Carneiro, Cisne, Flor redonda, Papoula, Pássaro imaginário e Tulipa.

A artista conquistou reconhecimento pelo mundo e suas obras ganharam espaço em acervos, coleções particulares e oficiais, entre outras, na coleção da rainha consorte do Reino da Suécia, Sílvia Renata Sommerlath e do fundador da Scuderia e da fábrica de automóveis Ferrari, Enzo Ferrari.


Odette Eid atuou até os 95 anos de vida, produziu mais de 1.200 obras, entre elas, esculturas, múltiplos e utilitários, usando vários materiais, como bronze, alumínio, acrílico, papel, gesso e tecido.

Agora em seu centenário uma representativa parte de suas obras estão no Museu a Céu Aberto na cidade de Santo Antônio do Pinhal, onde morou e inspirou sua arte.


(Odette Eid)

0 comentário